domingo, 28 de setembro de 2008

Acredita, Otária!




Achei o texto muito bom, não tinha como não entrar aqui no blog. Assino em baixo tudinho.






"Não adianta, do meu jeito tosco e grosseiro, eu sou uma romântica! Quando estou conhecendo uma pessoa, sempre acredito que as coisas que ela está me falando são sinceras. Na minha cabecinha idiota, seria uma burrice mentir no começo do relacionamento, porque isso só faria com que AMBOS percam tempo de suas vidas se dedicando a uma relação incompatível.Mas eles mentem. E como mentem! Puuuuta que pariu, como esses filhos da puta mentem! Mulher até faz um charminho, esconde os defeitos e ressalta as qualidades, mas, NO GERAL (tem de tudo no mundo, né?), não costumam mentir descaradamente. E se o fazem, sustentam a mentira. Uma vez soltei um “Eu também...” totalmente falso quando um paquera me disse que adorava Biquíni Cavadão. Não é que o desgraçado virou namorado e eu tive que engolir quase um ano de “Vento Ventania” no rádio do carro? Mas estava lá, firme e forte! Até em show eu fui!Chega de propaganda enganosa! BASTA!Segue uma lista das mentiras mais comuns... Não quer dizer que quando você escutar isso pode presumir automaticamente que é mentira, mas se eu fosse você, ao escutar uma dessas coisas, eu trataria logo de conferir, para não levar um susto mais tarde!VOU
PARAR DE FUMAR – Ele fuma. Você não. Isso te incomoda. O cheiro, o maldito cheiro que fica no seu cabelo, nas suas roupas... Além disso você se preocupa com a saúde dele. Você se questiona se quer estar do lado de uma pessoa auto-destrutiva. Você pondera: “Bem, cada um vive como quer”. Aí você abre o jornal e lê que o fumo passivo mata sete pessoas por dia no Brasil. É. Ele vai ter que parar de fumar. Ele diz que vai parar sim, que já andava pensando nisso faz tempo, que tinha a intenção de parar “um dia”, mas que faltava só um empurrão. Os mais dementes ainda dizem que vão parar “aos poucos”, porque afinal, não dá para parar de uma hora para outra, né?
ACREDITA, OTÁRIA! – Sob essas circunstâncias, ele não vai parar. NÃO VAI. Não POR VOCÊ. Se um belo dia ele decidir, internamente, que não quer mais, vai jogar fora o cigarro e pode nunca mais fumar na vida. Mas ele não vai parar porque você pediu. Talvez ele até ache que vai parar, talvez ele esteja mentindo para ele mesmo. Cigarro é um vício muito difícil de largar, existem estudos que comprovam que a nicotina causa uma dependência maior que a da cocaína. Não se para “aos poucos” (salvo uma meia dúzia de heróis – não conte com as exceções, lembra?). O que vai acontecer é que ele vai virar um Rafael Ilha do cigarro. Cheio de pose, vai jogar fora todos os cigarros em um ato ostensivo de coragem. Você vai ficar feliz, respirar aliviada e pensar “Nunca imaginei que fosse tão fácil”. Espere até o organismo começar a sentir os primeiros sinais da abstinência... A pessoa surta. Faz coisas humilhantes. Cata guimba de cigarro na lixeira para tentar fumar o restinho! Tenta tomar o cigarro de transeuntes no meio da rua! 99% de chances de você perder o respeito por ele. Isso quando o banana não decide fumar escondido! Que coisa mais patética, não? Não dá para se relacionar com uma pessoa que tem cagaço de te dizer “Não vou fazer isso que você está me pedindo”. Tem uns que dizem “Eu não sei dizer que não”... se ouvir isso, peça JÓIAS em vez de pedir para ele parar de fumar! Seria muito mais fácil e mais honesto com todo mundo se ele tivesse dito “Não quero parar de fumar, ou me aceita assim, ou não vai dar”. Mas não! Eles são inseguros, eles são desesperados por aceitação. Prometem mundos e fundos pensando “depois eu dou um jeito”. Dá sim. Dá um jeito de detonar com o respeito e admiração que nós temos por eles se mostrando incapaz de levar adiante o combinado. Não acho frouxo quem não consegue parar de fumar, porque é difícil MESMO. Acho frouxo quem promete que vai parar e não para, por medinho de dizer que não quer parar!
EU NÃO TRAIO – No começo ele sempre vai te falar que não trai. Cara de pau. Mas tem uma categoria pior do que o cara de pau, que eu chamo de “cara de concreto”. Esse, além de dizer que não vai te trair, ainda diz que nunca traiu namorada nenhuma na vida. Deve existir algum homem no mundo (há rumores que ele se encontra no Suriname) que nunca traiu NINGUÉM na vida, mas convenhamos, não podemos contar com a exceção, e a regra geral a gente sabe muito bem qual é! Enfim, a Criatura tenta te convencer usando aqueles argumentos lastimáveis da época em que a barba do Papai Noel era preta: “Quem ama não trai”, “Se eu sentir vontade de trair vou terminar primeiro”, “Não tem porque trair quando você está feliz numa relação” ou pior ainda: “Quando eu gosto não sinto atração por outras pessoas”. Sabem de uma coisa? O que me ofende não é nem a mentira em si, e sim o pouco crédito que dão para a minha inteligência!
ACREDITA, OTÁRIA! – Você comemora. Fisgou um homem muito especial, ele é diferente do resto, ele não trai! E não trai por natureza, ele simplesmente não sente vontade de trair! Deve ser Deus te compensando por todos aqueles trastes que passaram pela sua vida antes. O namoro vai rolando, vai rolando, até que, uma amiga de uma prima sua que conhece a ex dele conta que eles terminaram porque ele traiu a coitada. Você fica apreensiva. Ele não trai. Você repete o mantra: “Não pode ser, ele não trai”. Um belo dia, vocês estão em uma mesa de bar com uns amigos dele. Um amigo que já tomou umas a mais, solta, sobre o seu namorado (aquele que não trai, lembra?) “O Fulano está bem parado agora, mas já foi o maior barangueiro sabia? No carnaval do ano passado pegou até uma mulher de bigode lá em Porto Seguro!”. Você faz as contas mentalmente. “No carnaval do ano passado” ele estava namorando com a ex. Logo, ele traiu a ex. Logo, se ele mentiu que não traiu a ex e traiu, ele também mente que não traiu você mas trai. (sabemos que não é assim automático, mas mentira gera presunção de culpa, fazer o que?). Você fecha a cara. Fica de bico no bar. Passa atestado de antipática para os amigos dele. Ele, imbecil, nem se tocou do ocorrido. Você, puta da vida, pensa: “Todo homem trai”.
NÃO ACHO ESSAS MULHERES BONITAS – Serve para qualquer mulher famosa que te desperte ciúme, insegurança, inveja, recalque e etc. Se for uma modelo, ele vai dizer que ela “é magra demais, nem tem onde apertar, prefiro muito mais você”. Se for uma dançarina de axé, ele vai dizer que ela “tem o corpo muito exagerado, isso não é feminino e além de tudo, fica vulgar”. Para cada mulher vai ter uma justificativa. E ainda vai dizer que só tem olhos para você, que tendo você ele não precisa de mais nada. Pode ser que de fato ele não ache determinado tipo de mulher atraente, mas se ele falar mal DE TODA mulher que você perguntar, pode ter certeza, é mentira.
ACREDITA OTÁRIA – Um rápido passeio pelas pastas do computador dele já desmente todas as objeções que ele fez às mulheres. Sim, porque todo homem tem uma coleção de fotos de mulheres nuas em seu computador. Deve ser algo como um álbum de figurinhas para adultos, nunca entendi muito bem. Eu particularmente acho coisa de punheteiro, homem competente vai para a rua e pega o tipo de mulher que quer, não precisa dessa variedade trancada no computador.Uma vez, estava saindo com um homem que era HOMEM HOMEM, ele me disse que não tinha fotos de mulher pelada no computador. Eu duvidei. Ele me mandou procurar. Procurei e não achei. Ele me olhou com uma cara calma e disse “Não preciso disso, eu saio e pego a mulher que eu quiser AO VIVO e a cores”. Nojento, né? Eu casaria com ele, esse é meu ideal de homem. Mas enfim, isso não interessa. A questão é que mais cedo ou mais tarde ele vai olhar com cara de cachorro salivando para a tal que ele falou mal, ou você vai achar a Playboy dela, ou qualquer outra situação onde fique muito claro que ele mentiu para você. Evidente, você vai se sentir traída. Mas mais do que isso, eu perco o respeito, porque se um homem não tem a coragem de chegar para mim e falar “É sim, eu acho ela gostosa pra caralho, amo você, mas ela tem um corpo fenomenal”, melhor que corte as bolas e dê para o cachorro comer, porque não é macho. Tem medo de que? Que eu chore? Eles se tem em alta conta, não é mesmo? CAGUEI se ele acha outras bonitas, não sou retardada de pensar que na cabeça dele eu sou a única mulher bonita do mundo, então, por favor, não me trate como uma retardada, eu NÃO SOU. (eles sim são retardados, acreditam que a gente só tem olhos para eles, por isso acham que a recíproca vai ser plausível.).
VAMOS SÓ PARA CONVERSAR – Ele te chama para ir a algum recinto fechado onde estarão apenas você e ele. Você reluta. Ele solta a frase “Vamos só para conversar...”. Triste, né? E ainda tem gente que cai. Claro, tem homem que realmente só conversa, até mesmo quando está no motel (mais triste ainda), mas quero crer que a regra geral ainda seja o homem tentar comer a mulher. Não vamos contar com a exceção, vamos? Uma vez um deles me fez essa proposta fascinante: “Vamos para um motel?”. Eu disse que não, porque eu achava que nós não tínhamos intimidade suficiente para fazer sexo, etc etc. Foi quando veio a frase nefasta: “Vamos só para conversar então”. Eu tento ser um ser humano melhor, mas aí vem uma porra dessas e eu não tenho como evoluir espiritaulmente! Eu juro que eu tento ser legal com as pessoas, mas parece que o destino conspira para que eu fale muitos palavrões por dia!
ACREDITA, OTÁRIA – A menos que ele seja um jogador compulsivo de RPG e esteja vestido de Darth Vader, com um sabre de luz na mão, indo para uma pré-estréia de Star Wars 47 – A Chatice Final, ele vai tentar te comer. E ainda vai ficar puto se: a) você não der, b) você lembrá-lo de que ele disse que era só para conversar e c) você se ofender. Você vai se sentir sacaneada, ele vai te achar uma fresca que faz cu doce. Aliás, sempre, invariavelmente, quando uma mulher não quer dar para um homem, é cu doce. Mesmo que seja o mendigo da esquina. Na cabeça deles, como eles sempre querem comer, eles acham que a gente sempre quer dar e que só não o faz por cu doce, porque estamos preocupadas com o que ele vai pensar. Alou! Picas de Ouro! Tem vezes que a gente REALMENTE não quer, treinem melhor seus dedinhos, quem sabe assim bate uma vontade...
EU NUNCA COMI PUTA – Se você mostrar uma desaprovação preliminar por essa conduta, é muito provável que Sr. Bolas Pro Cachorro Comer não tenha a hombridade de assumir que já comeu uma puta. Se não quer falar, então diga que não vai responder nada sobre seu passado. Mas não, eles juram de pé junto. E sempre tem aquela lenda: “Até fui num puteiro porque era despedida de solteiro do Fulano, mas só fiquei bebendo”. Gente, não dá né? NÃO DÁ. Mas a gente acredita, né? A gente acredita no que quer...
ACREDITA, OTÁÁÁÁÁRIA! – Um belo dia um amigo manguaçado numa mesa de bar deixa escapar a verdade, e ainda completa com um “O que que tem? Vocês nem estavam juntos na época?”. Ou então você acha um telefonezinho de uma puta na casa dele, que provavelmente ele vai dizer ser de um amigo ou não vai saber como foi parar lá, ou acha um recibinho de cartão de crédito ou similares de uma despesa feita em um lugar desses... As possibilidades são infinitas. Assim como o nojo, quando você descobre que o Comedor de Puta também é uma cagão medroso do caralho que nem teve culhão de te enfrentar e dizer uma coisa que sabia que você não ia gostar de ouvir.
Meninas, adestrem seus ouvidos. Não para achar que tudo que ele fala é mentira, porque se fizerem isso a vida vai ficar um inferno, mas trabalhem mentalmente com a POSSIBILIDADE dele estar te contando uma mentira. Saiba que essa possibilidade existe, nesses e em muitos outros casos. O choque é menor quando você não acredita cegamente. Confiar desconfiando. Confiança cega a gente deixa para ELES, que sempre acham que suas mulheres e namoradas são santas. Às vezes, até as ex! Tem uns aí que estufam o peito para dizer “Nenhuma das minhas ex me traiu”. Tem tanto corno que namorou comigo dizendo isso... Sally "

Um comentário:

Bel disse...

Oi!
Obrigada pela visita lá no Corporativismo Feminino, que bom que gostou! :D

Search this Blog